Para seguir a norma do Corpo de Bombeiros, vide IT- 17 DO CORPO DE BOMBEIROS.

 

Via de regra, para empresas com até 10 trabalhadores, a legislação faz um cálculo na ordem de 3 ou 4 participantes, ou seja, 30% a 40 % do efetivo.

 

Acima de 10 colaboradores há um cálculo diferenciado, ou seja, se a empresa tem 100 colaboradores, não necessitará de 30 brigadistas. Consulte o departamento técnico para realização de cálculo, com base o número de empregados e visitantes, tipo de empresa, e tipo de materiais combustíveis, que são as classes de riscos que determinará um cálculo com base a legislação vigente.